Páginas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Começa hoje a decisão para o Inter, é a Pré-Libertadores!


Inter começa diante do Once Caldas decisão que vale o primeiro semestre Genaro Joner/Agencia RBS
D'alessandro está confirmado.

Após uma semana em que a oferta do Shanghai Shenhua para o meia argentino desestabilizou o Beira-Rio e fez a torcida colorada temer que seu principal jogador pudesse deixá-la às vésperas do principal jogo da temporada até o momento, é com sensação de alívio que os mais de 30 mil torcedores entrarão no Beira-Rio hoje. Pois os colorados sabem — e a comissão técnica também — que o Inter que enfrenta o Once Caldas a partir das 22h terá as principais jogadas ditadas pelo camisa 10 argentino.
— A presença do D'Alessandro é fundamental — resumiu o técnico Dorival Jr. na entrevista coletiva de ontem.
Dorival terá a disposição um grupo praticamente completo para a partida que pode definir o semestre. Ou, como o próprio técnico destacou, do ano, uma vez que sair da Libertadores ainda em janeiro tira a possibilidade de o Inter viajar ao Japão em dezembro.
Com exceção de Tinga, que ainda se recupera de lesão muscular, o técnico colorado poderá levar a campo força máxima e testa uma formação que pode ser considerada ideal, com os argentinos Bolatti e Guiñazu resguardando a defesa e os meias Oscar e D'Alessandro oferecendo munição para a artilharia de Damião e Dagoberto.
Lá atrás, na defesa, o veterano multicampeão Índio e Rodrigo Moledo tentarão segurar o ímpeto de Jorge Núñez, Jéfferson Cuero e John Pajoy. Nei e Kleber completam as laterais, enquanto Muriel busca não sofrer gol em casa — nesta fase da competição, há o saldo qualificado.
— Temos de ter consciência de que enfrentaremos uma equipe rápida, que visa a velocidade dos homens de ataque. Trabalhamos esse tipo de jogada para não sermos surpreendidos. O futebol colombiano sempre primou por ser parecido com o futebol brasileiro, com calma, troca de passes e transição rápida. Todo o cuidado é pouco — explicou Dorival.
ESCALAÇÃO
INTER
Muriel; Nei, Moledo, Índio e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Oscar e D'Alessandro; Dagoberto e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.
ONCE CALDAS 
Neco Martínez; Jamell Ramos, Emanuel Acosta, Diego Amaya e Mauricio Casierra; Harrison Henao, Avimeleth Rivas e Mario González; Jorge Núñez e Jéfferson Cuero; John Pajoy. Técnico: Pompilio Páez
ARBITRAGEM:
Martin Vazquez, auxiliado por Mauricio Espinosa e Miguel Nievas (trio do Uruguai).

Nenhum comentário:

Postar um comentário